Últimas Notícias da Região:

Goioxim - Homem é morto em emboscada


Publicado por: - 19/01/2013
Imagem Ilustrativa Imagem Ilustrativa

Um homem morreu depois de sofrer uma emboscada na noite desta sexta dia 18 por volta de 23:30 na cidade de Goioxim.

 

Segundo a Policia Militar do município, o homem identificado como Ademir Beltrão de Paula conhecido popularmente como “Ademir Velozo” de 40 anos foi alvejado por pelo menos 4 disparos de arma de fogo ao descer de uma camionete em frente a sua casa.

 

Ademir não resistiu aos ferimentos e morreu em frente a sua casa que fica no KM 50 da PR 364, trecho que liga Goioxim a Guarapuava.

 

Ainda de acordo com a PM, o homem estava sozinho em casa e não há testemunhas obre o caso.

 

A Policia está investigando. O corpo foi encaminhado ao IML de Guarapuava. 

 

 

 

 

 

Fonte - Notícias Policiais

 

 

 

1603
com_k2.item
(1 estrela, média 5.00 de 5)
Goioxim - Homem é morto em emboscada5.00 out of 50 based on 1 voters.


Confira outras matérias publicadas em Goioxim

Veja também:

  • Goioxim - Máquinas do Consórcio Intermunicipal recuperam estradas no município

    Maquinários que fazem parte do consócio intermunicipal chegou a Goioxim e iniciou seus trabalhos de recuperação da estrada do acesso Goioxim a pinhalzinho são 150 horas trabalhadas.

     

    O prefeito Elias comenta que obras como essas acontecem em trechos que visam facilitar o escoamento da produção e o acesso a necessidades básicas, como as escolas comércio e outros.

  • Goioxim - Prefeitura divulga programação de aniversário da cidade

    A secretaria de educação e cultura, e prefeitura municipal através do prefeito Elias Schreiner, convidam toda a população para participarem do aniversário do município que começa nesta quinta feira dia 30 de outubro.

     

    Neste dia 30, é feriado municipal, quando Goioxim completará 19 anos de emancipação política.

  • “Ela estava de pezinho em uma pedra e eu atirei”, conta pai que matou filha para se vingar da mulher, no Paraná

    “Ela estava de pezinho em uma pedra e eu atirei”. Foi com essa frase que Marco Antônio Vieira Leal, de 26 anos, contou à imprensa como matou a filha de dois anos com um tiro na cabeça, no fim da tarde desta terça dia 28, em Piraquara, na região metropolitana de Curitiba.

     

    Ele também lamentou o crime e afirmou que não sabe o que aconteceu.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.